Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Comentários recentes

  • JB

    Bem vinda de volta. ;)

  • Monóloga

    olá! deixei um desafio no meu blogue para ti... er...

  • Babe

    Tens de lá ir mais vezes :P

  • Ventania

    Siiiiim, o concerto da década! :D

  • Ventania

    Eu convidei! =D



subscrever feeds



Alerta Laranja

por Ventania, em 19.01.15

A Ventania anda aí.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Lhasa - love came here

por Ventania, em 07.12.12


There is no end to this story 
No final blow or glory 
Love came here and never left

Now that my heart is open 
It can't be closed or broken 
Love came here and never left

Now I'll have to live with loving you forever 
Although our days of living life together 
Of living life together are over

There's nothing here to throw away 
I came to you in light of day 
And love came here and never left...

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por Ventania, em 28.10.12

Era uma vez uma ave rara que foi a um concerto rock e andou comovida três dias.

 

A poesia ainda existe, solta no ar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Dilemas, dilemas

por Ventania, em 21.10.12

Quando em vez, falha-me a razão para ordenar o que de si não tem explicação.

 

(Acho que preciso de tirar um mês, ou seis, para reflectir nisto...)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Ninguém mais me chamará de farol...

por Ventania, em 19.10.12

e os sonhos persistem por isso mesmo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por Ventania, em 18.10.12

Ando aqui a ler notícias numa sessão de informação nocturna e há dois aspectos que estão a maçar-me sobremaneira:

 

  • não houve UMA, das dezenas de notícias, em dezenas de publicações que li neste meio-tempo, em que não tenha detectado pelo menos um erro ortográfico ou gralha. UMA, eu queria uma para exemplo...
  • esta nova moda de criticar a gestão de folha de Excel, os estudos de folha de Excel, os orçamentos de folha de Excel. Pois saibam os senhores que o Excel, enquanto mera ferramenta informática, não deve ser menosprezado. Garanto que há obras de arte congeminadas em Excel, em vários campos do conhecimento... Pena é a ausência de visão crítica de alguns 'orçamentistas', não fossem grunhos obtusos e o Excel também seria o seu melhor amigo, em vez do penico em que são depostas bostas quadriculadas!

Autoria e outros dados (tags, etc)

...

por Ventania, em 12.10.12

Uma gaja esfola-se a trabalhar para provar o que vale, anos a fio. Ganha mal. Ganha elogios, confiança, palmadinhas nas costas, mas guito, 'tá quieto. Uma gaja percebe que deve andar a fazer alguma coisa bem quando, em período de crise, recessão, níveis record de desemprego, recebe ofertas de emprego com maior frequência do que antes (em 7 empregos, 6 foram convites, fora os que foram recusados - 

pelo menos 4, que me lembre). Uma gaja despede-se do emprego "para a vida" em que é efectiva e que metade da população portuguesa estaria desertinha para ter. Uma gaja muda para um emprego onde passará a receber mais 60%. O governo decide aumentar a taxa da segurança social e decide rever a tabela de IRS. Uma gaja vai passar a receber só 45% do ordenado e, na prática, menos 20% do que no emprego anterior.

Fica o relato para, quando eu anunciar que vou emigrar, poderem ser dispensadas as perguntas dos porquês.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Saramago

por Ventania, em 08.10.12

"Seria incoerente que me opusesse a que um escritor coma do que escreve, o que me parece, isso sim, condenável, é que escreva quando não tem nada para dizer."

Autoria e outros dados (tags, etc)

Uma tolice, hoje

por Ventania, em 05.10.12

Não vou dar-me ao trabalho de fingir que não sei se é possível o cérebro pregar-nos partidas tais que pensemos que é um sentimento, do foro do 'coração', que dispara quando a solidão e um excesso de interioridade por ser oferecido se aliam num momento. Não vou romantizar com estranheza que um amor (aquela palavra que ninguém define mas todos querem acreditar que seja real) possa nascer do nada, dum instante em que umas linhas escritas (sabe-se lá por quem, de que idade, nome e feitio) tocam algo de inquieto no espírito. Não vale a pena apontar tolices que conheço como a estória da minha vida e que tendem a repetir-se, sempre com o mesmo resultado.

 

Sem hesitações nem pretensões de remediar o irremediável, a sina humana é boicotar a própria razão.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Percebi porque não escrevo.

por Ventania, em 29.09.12

Não escrevo porque dói escrever. Dói cada sílaba, que sai com esforço e dói o peso das memórias do melhor e do pior que as palavras trazem.

Como diria o Eugénio, "as palavras estão gastas". As palavras são ferros em brasa que queimam na carne a lucidez que ainda não quero enfrentar, são gotas insignificantes que se perdem se as lanço ao mar. As palavras doem-me.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Comentários recentes

  • JB

    Bem vinda de volta. ;)

  • Monóloga

    olá! deixei um desafio no meu blogue para ti... er...

  • Babe

    Tens de lá ir mais vezes :P

  • Ventania

    Siiiiim, o concerto da década! :D

  • Ventania

    Eu convidei! =D



subscrever feeds