Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ventania

In two days tomorrow will be yesterday.



Segunda-feira, 28.09.09

Choose Love - Rita Redshoes

Que é como quem diz: Choose me!


 


 



I choose to hide

But I look for you all the time

I choose to run

But I'm begging for you to come

I wanna break

But I know that you can take

I stay a while

To be sure that you're by my side

Oh, oh



Don't look at me, just look inside

'Cause I can go through

Tell me, are you goin' tired

Of what I don't do

I wanna see, I wanna fight

'Cause I don't feel scared

Honey, if you care



I choose to find

Things that you left behind

I choose to stare

But I can take you anywhere

I wanna stay

But my soul leaves you anyway

Can close the door

And love, could you give me more



Don't look at me, just look inside

'Cause I can go through

Tell me, are you goin' tired

Of what I don't do

I wanna see, I wanna fight

'Cause I don't feel scared

Honey, if you care



Choose love, choose love, love

Choose love, choose love, oh



Don't wanna hear, I wanna fight

'Cause this time I won't be wrong

And I can waste this precious time

Asking where do I belong

So let me know your love is real

'Cause this time you won't control

Tell me please, what do you feel

Do I have to save your soul 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Ventania às 11:54

Sexta-feira, 25.09.09

I want it all

(and I want it now, by the way!)


 


Autoria e outros dados (tags, etc)

por Ventania às 23:10

Quarta-feira, 23.09.09

Gosto...


Gosto de gelados no inverno e de chás quentes no verão. Gosto de fazer rabo-de-cavalo e totós. Gosto de dar beijinhos. Gosto de usar lenços ao pescoço. Gosto de fotografias a preto-e-branco. Gosto do Algarve quando chove e da Serra da Estrela sob um Sol abrasador. Gosto de aventuras grandes e pequenas. Gosto de pessoas genuínas e transparentes. Gosto de surpresas. Gosto de negro total. Gosto de aprender e de ensinar. Gosto de botas e de sapatos de plástico. Gosto de rugas de riso nos cantos dos olhos. Gosto de pão mal cozido e nada estaladiço. Gosto de velocidade. Gosto de nuvens densas e chuvadas de granizo. Gosto de açúcar amarelo e edulcorantes artificiais. Gosto de cicatrizes. Gosto de aguardente e de nescafé, de leite magro e iogurtes naturais. Gosto de ruas escuras e estreitas. Gosto do mar sem ondas nenhumas. Gosto de alturas. Gosto do som do violão e da gaita-de-foles. Gosto de comer chocolate de culinária. Gosto de cabelos brancos e grisalhos. Gosto de andar descalça e de peúgas grossas. Gosto da Lua e do céu estrelado. Gosto de tactear texturas. Gosto de ter as unhas muito curtas e sem cor. Gosto de limpar e arrumar. Gosto de estar completamente perdida no meio de nenhures. Gosto de arte surrealista. Gosto de me esconder atrás dos óculos escuros. Gosto de extremos. Gosto de ouvir pessoas a rir. Gosto de sal e de picante. Gosto de lápis macios e escuros e papel liso. Gosto de peles mulatas e de olhos em bico. Gosto de roupa interior preta e básica. Gosto de malmequeres brancos e desalinhados, de lírios e de túlipas. Gosto de passear de mão dada e de abraços. Gosto de cheirar a frutas e gomas. Gosto de ver filmes de terror e romances de fazer chorar. Gosto de miminhos na alma.


 


Muitas ideias para quando eu fizer anos e está quase, quase!



Autoria e outros dados (tags, etc)

por Ventania às 21:48

Quarta-feira, 23.09.09

Poesia

Dá-se alvíçaras a quem a encontrar neste cubinho pequeno e desejoso de estoirar.





Necessito, urgentemente, dum momento que irrompa claustrofobia dentro e me recorde das razões pelas quais ainda aqui estou, no mesmíssimo sítio do ano passado. Se o que quero não está aqui, ou não quer estar. Se sei que era melhor fazer a trouxa e virar costas. Se não há sinais de luz no fundo do túnel. (Um aceno, um pontinho pequenino de luz trémula, qualquer coisa?) Ir, esquecer e seguir? Renunciar a tudo o que faz sentido, a tudo o que se Ama (é a palavra, deixemo-nos de rodeios)?





Não é justo sequer ter de decidir. Por isso vou, angustiadamente, persistindo. Até quando? Universo imbecil, demoras muito mais a devolver-me a poesia?

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Ventania às 04:37

Domingo, 20.09.09

apetece-me

Às vezes apetece-me sair por aí a espetar verdades em paredes e em postes, a pendurá-las ao pescoço das pessoas. Parece que é rude e que tenho de aprender a ser menos impulsiva. Parece que se espera que as meias palavras abafadas produzam o mesmo efeito, ou se deixe fermentar o que se tem de dizer até que se digira tudo antes de ser dito. Mas deve provocar azia e tanto dispenso as azias que nem me recordo de alguma vez ter sentido esse ácido fenómeno.





(pausa para inspirar e expirar)





Trata-me bem, com justiça e com carinho. Sabes que perdoar não é sinónimo de deixar de doer... E que, mesmo doendo, endereço-te todos os carinhos que consegues suportar. Experimenta aceitar em vez de repudiar, uma vez por outra. Faz-te falta ser amado, mimado. Para compreenderes como é bom e porque é importante dar estes pedacinhos de nós aos outros.





Beijo na têmpora e um xi-coração. ;)

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Ventania às 07:53

Sábado, 19.09.09

Amigos

Se tivesse poucos mas bons amigos, seria uma sortuda.


 




Não tenho. Tenho muitos amigos e são os melhores do mundo. Sou uma pessoa rica neste sentido, milionária! Saiu-me a lotaria, o totoloto, o euromilhões, o Joker, o loto 2, o totobola e a raspadinha e o jackpot em todos eles!




Não falo apenas dos conhecidos com quem se partilham até empatias e conversas mais profundas, que usualmente considero amigos, desde que exista a ligação emocional que vincula, aquela sensação de partilha de qualquer coisa mais do que a necessidade ou o hábito. Esses são ainda mais, felizmente. Mas hoje falo dos outros, dos Amigos com A grande, aqueles de que não abdicaria nunca, que são mais que família, que me conhecem bem e ainda assim gostam de mim. Tenho o privilégio único de ter presentes na minha vida, estou segura, algumas das melhores pessoas do mundo. Presentes sempre, em cada momento bom ou menos bom, independentemente da assiduidade dos encontros ou das conversas. Desde os que vivem a milhares de quilómetros, por quem adio todas as urgências para trocar um abraço e muitos sorrisos, aos que estão a par de todos os dias, profundamente, e vibram comigo a cada mudança de direcção do vento.


Fico de rastos com os problemas deles, sinto-lhes as dores e tomo-as para mim, na tentativa de as aligeirar no outro lado, chego a pressentir alguns momentos. Tenho estórias engraçadíssimas de coincidências que não podem ser só coincidência, tem de haver um qualquer mistério kármico onde as almas brincam de mão dada a fazer tropelias juntas. It has to!


Preenche-me o coração dar um beijo a um amigo, um abraço apertado. Gosto do toque, de mãos entrelaçadas, confidentes, dum apertão de bochechas, de fazer festas na cara, de afagar-lhes os cabelos. Gosto de ter ataques de riso com estas pessoas que são parte de mim, que são um telhado quando neva lá fora e uma manta se estou a chover por dentro.


A amizade é uma forma de amor que não se substitui por nenhuma outra.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Ventania às 17:14

Terça-feira, 15.09.09

Onde há Pastéis, há...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Ventania às 18:03

Segunda-feira, 14.09.09

it's oh so quiet...

Hoje incomoda-me o silêncio. As sinapses nem sempre são profícuas o suficiente nos seus afazeres e sobram uns milhões de neurónios que vão buscar às profundezas das memórias e divagações o que se quer (tanto e há tanto tempo) calar. O tratamento habitual é injectar mais tarefas na "to do list" dos ditos cujos. Hoje não está a resultar.





Tanto tempo, a passar por mim, eu a passar pelo tempo, em bicos de pés, quase a flutuar...





Tão livre, todas as escolhas à disposição, como para um recém-nascido. Como se faz para contrariar aquela vontade, movida a "pedaços desfiados de esperança", de não ir sem ti?





Incomoda-me o silêncio. Vou cantar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Ventania às 20:46

Sábado, 12.09.09

:)

Compreendo. E ofereço um abraço e um sorriso.


 



 


 


 


 


 


Foto de Ronaldo Ichi.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Ventania às 23:00

Quinta-feira, 10.09.09

Beatriz

 



 


Olha

Será que ela é moça

Será que ela é triste

Será que é o contrário

Será que é pintura

O rosto da atriz?

Se ela dança no sétimo céu

Se ela acredita que é outro país

E se ela só decora o seu papel

E se eu pudesse entrar na sua vida



Olha

Será que é de louça

Será que é de éter

Será que é loucura

Será que é cenário

A casa da atriz?

Se ela mora num arranha-céu

E se as paredes são feitas de giz

E se ela chora num quarto de hotel

E se eu pudesse entrar na sua vida



Sim, me leva para sempre, Beatriz

Me ensina a não andar com os pés no chão

Para sempre é sempre por um triz

Ai, diz quantos desastres tem na minha mão

Diz se é perigoso a gente ser feliz



Olha

Será que é uma estrela

Será que é mentira

Será que é comédia

Será que é divina

A vida da atriz?

Se ela um dia despencar do céu

E se os pagantes exigirem bis

E se um arcanjo passar o chapéu

E se eu pudesse entrar na sua vida

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Ventania às 22:39

Quarta-feira, 09.09.09

Adoro trovoadas!

 






Adoro chuvadas de Verão, trovoadas a irromper pela madrugada. Raios de braços abertos, a chamar, quebrando a silenciosa monotonia das noites sempre iguais. O nascer do Sol espelhado nas poças de água, o chapinhar musicado de rodas e de pés. Deliciosamente convidativo, o travo atrevido de infusões herbais servidas frias.


Estes dias foram feitos só para acontecerem coisas boas...

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Ventania às 06:30

Segunda-feira, 07.09.09

5 sentidos

 


 



 

Estrela Contente pede, eu acedo, que as estrelas querem-se sempre contentes e sorridentes. :)






Regras:


1.Exibir o selo.

2.Indicar o nome e o link do blog de quem recebi.



3.Indicar outros 5 blogs. Em regime de self-service.








4.Dizer qual o sentido que melhor me descreve. Olfacto, claro.

5.Para cada sentido, escrever a resposta para as perguntas.













 




Audição: Qual o som que gostas mais de ouvir?

O vento a uivar, a fazer cócegas às árvores, a chicotear velas e panos. As minhas unhas e/ou dentes a roçar numa barba de 2 dias.



Visão: Qual a tua imagem favorita?

O nascer-do-sol, o céu estrelado com uma Lua bem grande e provocadora, reflexos nos meus mares. Um olhar onde consigo ver o Universo todo.



Tacto: O que mais gostas de sentir na pele?


Arrepios. De frio e de emoção. Os dedos do meu príncipe de Luz a brincarem ternamente na superfície de mim enquanto as profundezas da alma se rendem.




Paladar: Qual o teu sabor preferido?

Canela é óbvio, não é? Acrescento baunilha e maçãs verdes. Beijos a meio da madrugada, como que a prolongar a noite e a acordar o dia.


 



Olfacto: Qual o cheiro que te faz bem?

Pinheiros, rosmaninhos, terra molhada, café. Mar. O pescoço dele.



 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Ventania às 07:07

Domingo, 06.09.09

Sei

que estás por aí. Mas não me apetece fugir (mais). Se te sentes incomodado, não voltes. Não posso deixar de ser quem sou, de pensar o que penso e de sentir o que sinto. Não tenho de ter vergonha, não de ti.


É assim que as coisas são, por muito que não queiramos. A realidade não deixa de existir só por fecharmos os olhos. Quando abres os teus?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Ventania às 23:46

Quinta-feira, 03.09.09

New Year Resolutions

Estamos em Setembro. Não é ano novo? Pois não. Mas apetece-me fazer new year resolutions, o que é sempre uma boa desculpa para levantar os olhos da puta da tese. Como não tenho tido tempo para me coçar (nem para dormir, nem estar com os amigos e família, nem para ser fada do lar umas horas por semana, nem para nada que não seja trabalhar para 'eles' e, nos intervalos, trabalhar para mim), toca de fazer planos para quando o meu tempo for igual aos das outras pessoas crescidas, quando os fins-de-semana forem sinónimo de descanso e actividades lúdicas, quando a palavra férias for familiar, quando as noites puderem incluir um ocasional jantar, as tardes um ocasional refresco.


Dada a justificação, que só eu pedi (ser chefe de mim própria é quase uma bipolaridade), cá vamos. Assim que tornar a ter vida quero:


 


- viajar muito mais (esta é óbvia para quem me conhece): agarrar numa das minhas companhias preferidas e ir de fim-de-semana para qualquer lado no mundo; estão na lista das urgências Paris, Suiça, Holanda, Bélgica, Picos da Europa, Douro Internacional, Sevilha, Escócia...


- Experimentar viajar sozinha (este é um desafio);


- Ir uma semanita de férias com amigos pela Croácia e Bósnia fora; Ir a Havana antes do Fidel ir embora (apesar dele ser imortal, quero dar-lhe uma beijoca nas barbas... ou não!);


- Férias grandes pela África profunda (3 semanas pela Tanzânia, Quénia, África do Sul...);


- pensar numa maneira de ter dinheiro para as viagens todas que quero fazer;


- (arranjar tomates para) partir à luta pelo homem que amo (e como é que isso se faz? beats me...);


- Fazer o trans-siberiano (mais um sonho antigo);


- Ir até aos antípodas e ganhar sotaque, ver dingos e cangurus;


- tirar um curso de fotografia 'a sério';


- escrever mais regularmente e arregaçar mangas para lançar um projecto (a definir, aceitam-se sugestões);


- virar do avesso a minha vida profissional (arriscar e mudar tudo outra vez, enveredar por uma área que me dê mais gozo; ou seja, arranjar lenha para me queimar);


- arranjar coragem para fazer mais uma dieta a sério (que isto do stress dá-me para tudo menos para perder peso) e perder uns 7 Kg; ou 12; a ver...


- endireitar alguns ossos...


- fazer uma permanente de pestanas;


- ir às festas lisboetas do Santo António em 2010;


- aprender a mergulhar;


- começar a conduzir mais (o que se calhar implica arranjar um canela-móbil e maneira de sustentá-lo...);


- fazer cursos de castelhano e francês para desenferrujar; melhorar o alemão; aprender mais uma língua (italiano, chinês ou russo);


- fazer almoços e jantares para os amigos, cá em casa, em volta dum bom vinho, petiscos na varanda a ver o rio, hmmm...


- começar a fazer psicoterapia;


- ir ao cinema pelo menos 2 vezes por mês;


- descobrir sítios novos para jantar fora (o FoundYou e o Bem-Me-Quer estão na calha);


- ir aos festivais de verão e a outros concertos, que eu adoro música ao vivo;


- aprender a andar de bicicleta e comprar uma baratuxa;


- aprender a andar de saltos altos (pois... mergulhar e andar de bicicleta parece ser tão mais fácil!);


- nunca mais perder uma Festa do Avante;


- Ir à Redbull Air Race;


- Andar de balão, fazer pára-pente (tirar o brevet de piloto quando for rica);


- ir às compras com as amigas como as "gajas normais";


- terminar os detalhes no palácio (pintar as paredes, ultimar com umas fotografias artísticas, compôr a garrafeira, etc.);


 


(aposto que esta lista vai crescer muito mais)

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Ventania às 21:03


Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Setembro 2009

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930