Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ventania

In two days tomorrow will be yesterday.



Segunda-feira, 31.05.10

notas soltas sobre o casamento

Não acredito no casamento. Por nenhuma razão em especial, não tenho nada contra quem quer casar e sou defensora acérrima do casamento homossexual, pela igualdade de direitos e contra a discriminação. Mas no casamento em si, não vejo, pessoalmente, vantagens, nem encanto. É uma contratualização duma relação, para os católicos é um dos sacramentos e, socialmente, pode ir duma assunção pública do estado civil a uma partilha dum momento que pode ser muito importante com família e amigos. Tudo muito bem. Continuo a não ter nada contra, e fico genuinamente feliz por quem dos ‘meus’ (aqueles de que gosto, que trago comigo) fica feliz ao casar.

Mas é algo que não desejo, nunca desejei, para mim. E sou a pessoa que conheço a quem mais vezes foi feita a proposta. Pena que nunca tenha sido “a sério”, e ainda bem que disse sempre que não. Da única vez em que tive toda a vontade de dizer que sim foi quando fui pedida em “lua-de-mel” seguida de divórcio. Mas aí era vontade de responder que “sim, claro que caso contigo, pode ser já hoje!, claro que vamos ter a mais fantástica lua-de-mel, mas nem penses que a seguir te dou o divórcio, quero ficar contigo para sempre, Amor.” Pois, coisas estranhas acontecem-me. You have no idea... *Suspiro*

Se calhar é por ser uma romântica incurável. Que não gosto de casamentos, quero dizer. Romântica atípica, mas incurável. Se calhar chateia-me um bocado que tudo o que é um amor entre duas pessoas seja simbolizado por um contrato. Sem dúvida, chateia-me que tipicamente os casados sejam ‘marcados’, no BI e nos dedos. Chamo as alianças de anilha e imagino pombos etiquetados e enjaulados nos limites que é suposto o casamento significar. O amor não deve ser uma prisão, mas antes a liberdade suprema de se ser mais que um indivíduo, a complementaridade emocional de outro. O amor terá as suas regras, mas não vejo necessidade de uniformizá-las. Afinal, todas as relações são diferentes, como todas as pessoas são diferentes.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Ventania às 21:22

Domingo, 30.05.10

...

Mine always come out the left one.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Ventania às 18:22

Sábado, 29.05.10

Éter

"Congratulations, friend! You are Aether, you rarest and most mystical of all the elements. Metaphysical, otherworldly, supernatural, whichever way you slice it, you are one special soul. Whereas other people have experienced the odd circumstance or random weird event, your life is defined by them. You rely heavily on an intuition that has hardly ever let you down. Sometimes your thoughts and dreams could be considered downright psychic. Having such a unique set of gifts comes at a price though. Mainly a two-way skepticism between yourself and just about everyone else in your world. Finding people who understand you becomes a daily internal struggle and one that follows you wherever you go. Since your element is one supposedly beyond earthly comprehension it is up to you (as well as others) to work to build a bridge of understanding. Your place in the world: You are the ethereal entity blessed (or cursed) with the task of opening the eyes of a closed-minded world to the world they have blinded themselves to."

 

So f*ck*ng special...

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Ventania às 22:25

Sábado, 29.05.10

A massa cinzenta é um grande turn-on.

Para mim, o maior.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Ventania às 21:17

Quinta-feira, 27.05.10

Nessun Dorma

Mil versões que façam ou estejam por fazer... Luciano só houve um. ♥ E nunca ninguém se lhe poderá comparar.

 

 

Nessun dorma! Nessun dorma!
Tu pure, o, Principessa,
nella tua fredda stanza,
guardi le stelle
che tremano d'amore
e di speranza.

Ma il mio mistero e chiuso in me,
il nome mio nessun saprá!
No, no, sulla tua bocca lo diró
quando la luce splenderá!

Ed il mio bacio sciogliera il silenzio
che ti fa mia!

(Il nome suo nessun saprá!...
e noi dovrem, ahimé, morir!)

Dilegua, o notte!
Tramontate, stelle!
Tramontate, stelle!
All'alba vinceró!
vinceró, vinceró!



 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Às duas pessoas que eventualmente se perguntarão se a Ventania se passou de vez, a resposta é SIM. Não adianta de nada fingir que se tem lucidez quando ela já se foi há muito, não adianta fingir que há razões para viver quando elas me foram arrancadas pela raiz. Estou-me nas tintas para o que pensem, a minha verdade é esta e ninguém a sabe como eu, ninguém lhe adivinha a dimensão da dor que traz e que ninguém ouse dizer-me que passa, que um dia passará. Não passou até agora, não vai passar nunca enquanto eu respire, e ninguém pode fazer nada em relação a isso, nem eu (e oh, quantas forças entreguei nas tentativas!). É a puta da vida. Não acontece só nos filmes, nem nos romances. Too much love will kill you? Yes, it will. O desgosto mata e eu sou prova disso, que morri. Morro todos os dias.

 

(post dedicado ao Benjamim Lucena)

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Ventania às 23:25

Quarta-feira, 26.05.10

Zzzz

Afinal as visitas à psico-coisinha sempre servem de alguma coisa. Lá percebi porque dei em zombie de há uns tempos p'ra cá, capaz de dormir 12 horas a fio todos os dias e ainda me levantar a contragosto. É óbvio, não é?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Ventania às 23:25

Quarta-feira, 26.05.10

...

 

Usually, by 8am I've already spent over half an hour thinking of you. Don't ask me why, I have no explanation. I just really really like you. A lot. Really. You. Just the way you are. How is that possible? It's not a delusion, I know exactly who you are and who you may seem to be. For so many months, not a word... And still, I think of you. All the time. With all my love. I've vanished from your life, I've changed my phone numbers, I got rid of all the photos. Still, I dream of you. I won a you-shaped hole in my chest. I mistreat other guys and do not allow them to come near. I seek you and nobody else. I don't want a replacement, I want you. I want myself back.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Ventania às 07:40

Terça-feira, 25.05.10

Falar para o boneco

Eu falava, tu encolhias os ombros, desconversavas por entre evasões. Eu queria arrancar-te uma verdade qualquer, e tu sem vontade das enfrentar. Sem tomar posição, sem decidir, porque o direito de mudar de ideias, várias vezes ao dia, nunca te foi questionado. Perito nas justificações, dando explicações lógicas a todos os actos que contradizem as palavras e dissecando as palavras que contradizem as outras. Não soube quando estavas a falar a sério; disseste para nunca te levar a sério. Nunca, mesmo? Nem quando dizes que me queres nem quando dizes que não? Nem quando falas nela nem quando é por mim que chamas? Não te levo a sério os convites para passar a noite nem as palavras duras de rejeição? Nem os erros, nem os pedidos de desculpa? Não levo a sério os beijos nem levo a sério a sua negação?

Quem és tu afinal?... Porque te escondes com medo do afecto e do que é real? Porque te refugias numa ilusão ultrapassada e foges para os braços de quem não te lê o olhar? Dizes às outras o que pretendes como mo disseste a mim? Acordas as outras de madrugada, louco de paixão e para partilhar sustos e epifanias? Pedes-lhes conselhos sobre o modelo de carro, as prendas para a família e o rumo da vida? Desabafas com elas as preocupações que te roem o sono e as saudades de quem partiu? Também lhes foges aos verbos e aos tempos verbais? Limpas as lágrimas delas e ofereces-lhes canções? Quem és tu, afinal? Qual de ti me prendeu com um sorriso só, me fez renascer e acreditar?

Mais que isso, explica lá... Porque não estás aqui agora?

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Ventania às 16:19

Segunda-feira, 24.05.10

Solidariedade feminina

é a amiga vir dizer-me que o viu com “uma tipa tão feia, feia não, horrorosa!, com ar de mal lavada e gengivas até aos olhos”, “mal vestida, pindérica”. E cá p’ra mim, também cheira a chulé. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Ventania às 21:31

Domingo, 23.05.10

É aqui mesmo!

Diz o contador que mais de 20% dos que aqui vêm parar através de pesquisas na internet, procuram “frases incoerentes”. Aproveitem que é de borla.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Ventania às 21:27

Domingo, 23.05.10

♥ I LOVE YOU ♥

I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥ I LOVE YOU ♥

 

Yesterday, today, every day. Have I told you lately (that ♥ I LOVE YOU ♥)?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Ventania às 02:42

Sábado, 22.05.10

Só Tinha De Ser Com Você - (Tom Jobim) by Elis Regina

 

 

É, só eu sei 
Quanto amor eu guardei 
Sem saber que era só prá você

É, só tinha de ser com você 
Havia de ser prá você 
Senão era mais uma dor 
Senão não seria o amor 
Aquele que a gente não vê 
O amor que chegou para dar 
O que ninguém deu pra você

É, você que é feita de azul 
Me deixa morar nesse azul 
Me deixa encontrar minha paz 
Você que é bonita demais 
Se ao menos pudesse saber

Que eu sempre fui só de você 
Você sempre foi só de mim

Que eu sempre fui só de você 
Você sempre foi só de mim

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Ventania às 13:55

Sábado, 22.05.10

Triste - (Tom Jobim) by Elis Regina

Triste é viver na solidão

Na dor cruel de uma paixão
Triste é saber que ninguém pode viver de ilusão
Que nunca vai ser, nunca vai dar
O sonhador tem que acordar

Tua beleza é um avião
Demais pra um pobre coração
Que pára pra te ver passar
Só pra me maltratar
Triste é viver na solidão

Triste é viver na solidão
Na dor cruel de uma paixão
Triste é saber que ninguém pode viver de ilusão
Que nunca vai ser, nunca vai dar
O sonhador tem que acordar

Tua beleza é um avião
Demais pra um pobre coração
Que pára pra te ver passar
Só pra me maltratar
Triste é viver na solidão

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Ventania às 12:49

Sábado, 22.05.10

Matisse - La Pastorale

Esta obra-prima foi roubada do Museu de Arte Moderna de Paris na madrugada de 5ª feira passada, juntamente com mais 4 pinturas. Se eu tivesse vocação para criminosa este seria o crime.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Ventania às 09:19

Sexta-feira, 21.05.10

qq coisa

Cansada estou eu. Ao longo do dia lembro-me de tantas coisas sobre as quais escrever (sempre que não posso, claro) e quando chego à frente do coisinho (vulgo laptop) já num m'alembra de nada. Deve ser da idade, que não perdoa (putana!). Assim por alto, acho que era:

- sobre a falta que fazem os teletransportadores;

- as garças e o Eládio Clímaco na tv do alfa pendular;

- moda e saltos altos;

- os caramelos que me aparecem no facebook;

- precisar desesperadamente de férias e de dormir;

- que quem anda à chuva molha-se e quem mete as mãos no fogo queima-se;

- a capacidade de síntese pode sacrificar a clareza.

 

(publicidade criativa by Pólo Norte)

 

(Mais umas linhas e encontrava o fio à meada, mas vou adormecer em 3... 2... 1... zzzz)

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Ventania às 22:29

Quinta-feira, 20.05.10

...

No Algarve está-se bem antes de chegarem as hordas de turistas esfomeados de sol e calor. As cegonhas recordam que as coisas boas da vida são, na essência, três: viver, voar e namorar.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Ventania às 22:10

Quarta-feira, 19.05.10

um dia

Deixa-me ser tua namorada por um dia. Assim como que à experiência. Tirávamos as dúvidas e eu podia morrer em paz, tendo sido feliz mesmo que só por um dia. Só pedia um dia. Um dia que ia querer esticar ao infinito para lhe caber tudo o que quero fazer contigo, tudo o que quero dar-te. E dava-te os meus dias, todos, inteiros, e as minhas noites com lua e estrelas. Ama-me um dia. Um que seja. Pausa a vida que te afasta de mim, esquece tudo o que já aconteceu e dá-me um dos teus dias. Como se eu fosse novidade. Deixa-te amar por um dia. Tenho mais beijos que minutos, mais sorrisos que palavras. Só um dia. Acordamos juntos e chamamos o sol para as nossas mãos. Não precisas de bagagem nem relógio, traz só o coração limpo e dois braços abertos. Deixa-me fazer dum dia o primeiro nosso dia. Todo nosso, de verdade. Mesmo que a seguir tornes a partir sem olhar para trás. Queria um dia. Um dia em que não tivesse de chamar por ti com todas as energias que já não tenho. Um dia de ti.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Ventania às 21:14

Quarta-feira, 19.05.10

...

I'm not depressed, I just cry a lot.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Ventania às 18:22

Quarta-feira, 19.05.10

"Don't Bother"

Podia ser manifestação de "dor de corno". Se eu achasse que alguma mulher pode ser melhor que eu por ser mais nova, mais alta, ter olhos mais verdes, ser mais bonita ou falar mais e mais exóticas línguas que eu. Mas não é. Porque ninguém é melhor que ninguém com tão obtusos argumentos. E ninguém substitui ninguém. Quem procuras substituir, por idealizar amar (palavras tuas), por aproximação, é uma só. Quem amas, ninguém. Mas um dia vais amar e perceber que não há argumentos que justifiquem o que simplesmente se sente.


She's got the kind of look that defies gravity
She's the greatest cook
And she's fat free

She's been to private school
And she speaks perfect French
She's got the perfect friends
Oh isn't she cool

She practices Tai Chi
She'd never lose her nerve
She's more than you deserve
She's just far better than me

Hey hey

So don't bother
I won't die of deception
I promise you won't ever see me cry
Don't feel sorry

And don't bother
I'll be fine
But she's waiting
The ring you gave to her will lose its shine
So don't bother, be unkind

I'm sure she doesn't know
How to touch you like I would
I beat her at that one good
Don't you think so?

She's almost 6 feet tall
She must think I'm a flea
I'm really a cat you see
And it's not my last life at all

Hey hey

So don't bother
I won't die of deception
I promise you won't ever see me cry
Don't feel sorry

Don't bother
I'll be fine
But she's waiting
The ring you gave to her will lose its shine
So don't bother, be unkind

For you, I'd give up all I own
And move to a communist country
If you came with me, of course
And I'd file my nails so they don't hurt you
And lose those pounds, and learn about football
If it made you stay, but you won't, but you won't

So don't bother,
I'll be fine, I'll be fine, I'll be fine, I'll be fine
Promise you won't ever see me cry

And after all I'm glad that I'm not your type
Promise you won't ever see me cry

So don't bother,
I'll be fine, I'll be fine, I'll be fine, I'll be fine
Promise you won't ever see me cry

And after all I'm glad that I'm not your type, not your type, not your type, not your type
Promise you won't ever see me cry

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Ventania às 00:01

Terça-feira, 18.05.10

...

A descobrir que o desgosto pode dar vómitos...

=S

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Ventania às 23:11

Pág. 1/2



Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Maio 2010

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031