Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ventania

In two days tomorrow will be yesterday.



Sábado, 05.02.11

...

A coerência é essencial, ou desvirtua toda a verdade que a mensagem possa encerrar. Também é (minha) verdade que "o erro é medo em cápsula". Disse há dias que "o amor é o próprio inverso do medo", de onde poderia extrapolar para "quem ama não erra". Mas todos sabemos que essa conclusão não seria verdade. Quem ama também erra, mas sabe que errou. A verdade, a mesma que exijo de e para mim, passa por errar, assumir o erro e fazer por emendá-lo, ou acolher o erro nas mãos minhas que se perpetuam nas tuas.

 

 

Reconheces-me na penumbra da solidão?

 

A redenção não tem de custar todos os desamores. Corta os laços que te retêm ao medo, desata os meus com os dentes selvagens na minha pele. Empacota as memórias de filmes, canções, beijos e palavras, são tuas mas não pertencem ao hoje, tão pouco ao amanhã. O amanhã é nosso, lembras-te? Há um farol que te chama, só a ti, tudo de ti. Há uma bússola que te acolhe as vozes e as melancolias.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Ventania às 13:42


13 comentários

De Jorge Barros Gomes a 05.02.2011 às 19:18

Que certo!!!
Que bonito!!!
Beijo :)

De Jorge Barros Gomes a 05.02.2011 às 19:22

Que espera!!!
 Que penumbra :)
Abraço

De Ventania a 06.02.2011 às 11:04

E o doce que é quando a espera termina? =)
Beijo + abraço, querido Jorge. *

De Beagle a 05.02.2011 às 23:15

Havia tanta coisa para dizer sobre este teu post. Fica em aberto.

De Ventania a 06.02.2011 às 11:05

Desconfio que vives aqui atrás da minha orelha direita. :) Mesmo a calhar, não foi? Diz lá, sussurra que ninguém nos ouve. *

De omeueudepapel a 05.02.2011 às 23:40

Gostei imenso de ler este teu post. Um beijinho doce.

De Ventania a 06.02.2011 às 11:06

Beijo grande, querida Fátima!

De ela a 06.02.2011 às 13:49

Que lindo!! muito mesmo!! Eu não tenho medo...amo mesmo mas sofro com isso e onde não há coerência de discurso:((

De Ventania a 06.02.2011 às 19:38

Pergunta-te a ti mesma se esse amor que te faz sofrer é mesmo amor. Procura primeiro ser feliz... *

De miúda* a 07.02.2011 às 12:36

Desconfio sem certezas que amar passa por isto. Perder o medo de errar, de sofrer, de perder... Qualquer que seja a redenção e seja do que for deve ser feita de verdade sem fantasmas a assombrar o que vai ser com o que foi. É para amanhã e ele só está à espera que o arrebatemos como nosso...

De Ventania a 07.02.2011 às 22:22

A verdade, sempre a verdade. Sempre a luta contra os fantasmas, sempre o desejo dum amanhã em liberdade onde só os amantes existem no fundo do tempo.
:)

De JBG a 07.02.2011 às 18:41

O verdadeiro néctar dos deuses, aposto.
Beijos, abraços e :)

De Ventania a 07.02.2011 às 22:23

Os deuses o dirão... ;)
Beijo, querido Jorge.

Comentar post



Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Fevereiro 2011

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728