Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ventania

In two days tomorrow will be yesterday.



Sexta-feira, 04.03.11

Do que aprendi sobre mim mesma

Não tenho de sentir-me mal por exigir o mínimo que considero aceitável.

Não tenho de pedir desculpa por me sentir desiludida com quem me falha.

Mereço o melhor, porque de mim dou o melhor.

Não, não me satisfaço com o possível, quero a perfeição, sempre.

Não me contento com nada a meio-gás, incompleto, aos bochechos; ou é a todo o vapor, sem hesitações, ou não é nada.

Não tolero a mentira, nenhuma forma de mentira, e abomino mentirosos.

Nunca fui europeia, sempre quis ser deslumbrada com o mundo inteiro.

As migalhas não matam a fome, só prolongam o engano.

Não quero um poucochinho, quero tudo.

Não respondo assim-assim, em grayscale, só sei falar a preto e branco.

Não quero telegramas, gosto de poemas.

Não quero relatos, quero ser a narradora da minha acção.

Não sou feliz com a aproximação, quero a sorte grande.

 

 

Não chega. Não para mim.

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Ventania às 08:02


4 comentários

De P a 04.03.2011 às 12:29

Muito bom...Nem eu!!!!!!

De Ventania a 04.03.2011 às 19:36

Benvindo ao clube dos eternos insatisfeitos. Ou ambiciosos.

De somehow a 04.03.2011 às 15:10

magnifico, o didifcil mesmo, na vida, é encontrar alguém que se encaixe connosco nesse padrão de exigência=verdade=plenitude=liberdade=transparência=leveza. Quem sabe um beli dia.. isso acontce. Eu aprendi.. que náo se consegue encontrar toda essa beleza numa só pessoa=homem

De Ventania a 04.03.2011 às 19:37

Estranhamente, eu já encontrei. Portanto é possível. Mas depois o resto... isso são outros quinhentos.

Comentar post



Pesquisar

Pesquisar no Blog