Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ventania

In two days tomorrow will be yesterday.



Terça-feira, 05.04.11

...

Vai que uma altura houve em que fui (entre outras coisas, all at once), professora. Vai que fui cheia de nervoso miudinho porque achava que não tinha nascido para aquilo (confirma-se) e não tinha jeito nenhum. Vai que no primeiro dia os alunos me tomam por uma colega nos corredores. Vai que pensei para mim "estou bem lixada com isto." Vai que nos primeiros dias fazia a mais temível cara de má para os selvagens de 18 anos terem respeito. Vai que a coisa correu bem. Vai que gostei de ensinar e de os ver a aprender. Vai que adorei pô-los a pensar e a vencer desafios. Vai que entrei para o grupo hiper-exclusivo das "profs fixes", aquelas (3) que eles convidavam para os jantares de turma. Vai que fiz uma aluna chorar no dia do exame e acabei por ficar amiga dela. Vai que o meu trabalho foi apreciado e reconhecido, e que me tornam a convidar. Vai que tive de fazer uma escolha e agarrei numa promessa em vez da incógnita. Vai que a promessa nunca se cumpriu. Vai que a aluna fez anos e lhe dei os parabéns. Vai que a resposta da moça me pôs de lágrima no olho.

Vai que, sendo o plano A (ganhar o jackpot do Euromilhões) improvável; sendo o plano B (alguém me pagar para eu fazer o que mais gosto) ainda mais improvável; não ter agarrado o plano C deve ter sido das maiores asneiras da minha vida.

 

No regrets. Só nostalgia e aquele "what if" feeling.

 


*nasci para correr mundo de mochila às costas, com um journal para ir debitando reflexões e impressões com palavras e alguns desenhos, com uma boa máquina fotográfica ao pescoço, para eternizar não só registos, mas a maior riqueza, as memórias e os momentos de pura felicidade.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Ventania às 12:28


13 comentários

De Vegan Wolf a 05.04.2011 às 14:18

"*nasci para correr mundo de mochila às costas, com um journal para ir debitando reflexões e impressões com palavras e alguns desenhos, com uma boa máquina fotográfica ao pescoço, para eternizar não só registos, mas a maior riqueza, as memórias e os momentos de pura felicidade."


não te conheço de lado nenhum, mas costumo dizer isto a quem quer ouvir quando me fazem perguntas sobre aquilo que gostava de fazer. por a mochila às costas e "desaparecer", mas no bom sentido da palavra...

De Ventania a 05.04.2011 às 16:19


Então se porventura quiseres companhia para uma próxima viagem, estou ao dispôr! Não me convenci ainda a fazer as grandes viagens-aventura on my own, e por vários motivos, também não tenho companhia para certas viagens.

De Vegan Wolf a 05.04.2011 às 16:23

tens preferencias? (um dos meus factores condicionantes tem um NIB e o outro deposita lá mensalmente o ordenado.)

De Ventania a 05.04.2011 às 21:29

Pois... Para além desses dois, tenho um outro condicionante, uma aventura académica em que me meti. Preferências neste momento:safari fotográfico pela Tanzânia e/ou Quénia, Oriente, África central e América do Sul. E as tuas?

De Vegan Wolf a 05.04.2011 às 21:37

já estive em África, mas não vejo problema em voltar.
apeteciam-me os países nórdicos tipo Islândia (e só mesmo essa) ou asiáticos, tipo Tibete e Nepal. mas no fundo, desde que seja de mochila ás costas, eu vou bem...

De Ventania a 09.04.2011 às 10:20

Islândia também me atrai. :) Tibete e Nepal estão nos planos para daqui a uns anos.

De Vegan Wolf a 11.04.2011 às 14:02

esqueci-me da Mongólia. regra geral, para mim, quanto mais longe melhor. =)

De Ventania a 11.04.2011 às 15:35

Eu acho que a distância que procuro não se mede em Km. Se ganhares o Euromilhões levas-me? E o trans-siberiano?

De Vegan Wolf a 11.04.2011 às 15:44

olha, fora de merdas, a sensação avassaladora de liberdade, só a senti a 6000km de casa. tudo o resto passou a parecer-me demasiado "ao virar da esquina".

e foi tão bom que às vezes até sonho que estou longe, para caraças, de casa.
dá muito mais piada à viagem.
a de ida, e a de volta.

quanto ao euro-milhões, costumo dizer que se ganhar, só compro um barracão para ir guardando a tralha e de resto ninguém me vê mais, ou durante muito tempo, no mesmo sitio. =P

o transiberiano era porreirito era. 

De Ventania a 11.04.2011 às 21:41

Onde? Alaska? Sudeste africano?
Quanto a mim, já me senti nos antípodas de tudo a que estou habituada a mais de 6000 Km, na Índia, mas igualmente já aqui em baixo no Norte de África, ou estranhamente "em casa" em Sarajevo e em Istambul. Provavelmente a sensação que cada viagem nos deixa tem muito a ver com toda a experiência, que é muito mais que geografia. :)
Eu costumo dizer que quando ganhar o euromilhões não compro nada para mim. Agarro na mochila e no passaporte e vou mandando postais. Ainda bem que sonhar é de borla!

De Vegan Wolf a 11.04.2011 às 22:28

tirando uma de "low cost", ainda só fui a São Tomé. recomendo. mas assim que tiver tempo e $$ estou mesmo tentado a ir à Islândia ou ao Nepal. acho que o Tibete é mais caro, mas já não tenho os preços actualizados. enfim, sonhar é mesmo de graça.

De viajanteintemporal a 06.04.2011 às 23:56

Bem me parecia que a minha amiga Ventania tinha bom gosto.
Talvez um dias nos encontremos por aí, num desses países.
Beijos

De Ventania a 09.04.2011 às 10:20

;) Quem sabe?!

Comentar post



Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Abril 2011

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930