Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ventania

In two days tomorrow will be yesterday.



Sexta-feira, 08.07.11

...

Ali na Cocó na fralda falava-se de fobias. No caso concreto, fobia de baratas. Não consigo compreender plenamente de onde surge uma fobia por um animalzinho tão discreto e inofensivo, mas os fenómenos da psique não são para (eu) compreender.

O facto é que uma fobia pode ser deveras incapacitante e deve procurar-se ajuda para ultrapassar.

São ou não são umas fofinhas? ;)

Baratinhas, ratinhos, cobrinhas, acho todos magníficos. Mas se eu dissesse o que me causa verdadeiro asco, daquele em que se chega a iniciar o refluxo do vómito só pela sugestão do assunto, riam-se. Até porque muita gente o fez e espero mesmo que não o continue a fazer (blhargh!!!). No outro dia o assunto foi abordado numa animação... Blhargh!!! Tive de mudar de canal.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por Ventania às 02:30


4 comentários

De silvia a 08.07.2011 às 17:42

Eu por exemplo não suporto cobras. É daquele tipo de coisas que só de imaginar me arrepio, se vejo na televisão começo a atrofiar, então ver ao vivo é coisinha para me deixar taquicárdica... Não gosto, aliás detesto e tenho um medo de morte delas...

De Ventania a 09.07.2011 às 11:37

O medo generalizado de alguns animais (cobras, morcegos, aranhas, lobos, por ex.) tem uma explicação cultural, são temores enraizados na sociedade há milénios, mais devido a lendas e mitos do que a factos concretos. Por exemplo, as cobras que possas encontrar em Portugal (selvagens, claro) não são venenosas, pelo que não há razão para teres medo delas; aliás, elas terão mais medo de ti. E são bem giras! As mais comuns no campo têm umas risquinhas, eu acho lindas. :)

De silvia a 09.07.2011 às 12:55

Eu sei disso, sou bióloga logo nem devia ter medo, mas pronto metem-me confusão. Sei que a maior parte são cobras de água e assim logo não fazem mal nenhum, mas é mais forte do que eu... :)

De Ventania a 09.07.2011 às 13:09

Ah! :) Então podia logo ter dito que estava a falar das Elaphe scalaris e que como não têm mandíbula fundida só mordem por defesa ou para comer. ;) Já tive alguns encontros com cobras de água nos rios, e continuo a gostar mais delas do que das enguias (trauma de infância superado há alguns anos, também não gostava de enguias e tinha dificuldade em pegar-lhes).

Comentar post



Pesquisar

Pesquisar no Blog  


calendário

Julho 2011

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31